Home   |    Sobre a UDO   |   Troféu J. Agostinho   |   Academia J. Agostinho   |   Cross Torres Vedras   |   Memorial J. Agostinho   |    Outros Eventos   |    Contactos
Troféu Joaquim Agostinho
Home
Sobre o Troféu
Contactos
2018
  > Troféu Joaquim Agostinho
  > Lista de Participantes
  > Etapas
  > Etapas em Direto
  > Classificações
  > Acreditação OCS
  > Trânsito - condicionamentos
  > Camisolas
  > Comissão de Honra e Organização
  > Cargos Oficiais
  > Mapa
  > Principais Patrocinadores
  > Regulamento Técnico - PT
  > Regulamento Técnico - FR
  > Colaboração Especial
  > Apoios
  > Equipas
2017
2016
2015
2014
Troféu J. Agostinho

João Benta é o vencedor do Troféu Joaquim Agostinho

O português João Benta (Louletano-Ray Just Energy) conquistou hoje o 38.º Troféu Joaquim Agostinho, graças ao terceiro lugar na última etapa, ganha pelo espanhol David de la Fuente (Efapel), no alto da Carvoeira, depois de percorridos 172,4 quilómetros, desde S. Martinho do Porto.

Com os quatro primeiros na classificação geral separados por menos de dez segundos à partida para a etapa, a viagem, disputada sob vento forte, foi palco de muitos ataques. Esteve melhor o Louletano-Ray Just Energy, que anulou a primeira grande fuga da jornada, lançou o décimo da geral, Moisés Dueñas, num ataque cirúrgico na aproximação à meta final e viu João Benta cumprir na perfeição o papel de chefe de fila.

Fora das contas da geral, David de la Fuente impôs-se na tirada, ao cabo de 4h20m12s de corrida, menos 7 segundos do que Moisés Dueñas, segundo, e menos 14 segundos do que João Benta, terceiro. O minhoto ganhou 2 segundos ao anterior camisola amarela, Delio Fernández (W52-Quinta da Lixa), aos quais somou 4 segundos de bonificação.

O resultado de hoje permitiu a João Benta suceder ao galego na galeria de vencedores do Troféu Joaquim Agostinho, terminando a corrida com 3 segundos de vantagem sobre Delio Fernández. O terceiro foi o espanhol Alberto Gallego (Rádio Popular-Boavista), a 9 segundos. João Benta juntou ao triunfo absoluto a vitória nas classificações da montanha e dos pontos.

“A vitória nesta corrida é a mais importante da minha carreira e deixa-me muito feliz e confiante quanto ao futuro. Neste momento, tenho de agradecer à minha esposa, à minha família e ao Louletano-Ray Just Energy. Agradeço aos diretores da equipa por me terem dado a oportunidade de voltar a ser profissional nesta época. Agradeço aos meus companheiros pelo muito que se sacrificaram por mim nos últimos dias”, disse João Bento, momentos antes de ser vitoriado no pódio.

Delio Fernández reconheceu a superioridade dos rivais. “A concorrência esteve muito forte, especialmente o João Benta. A equipa trabalhou muito e bem, mas há que dar os parabéns ao vencedor, porque foi mais forte. O resultado é, todavia, muito bom. Agora há que continuar a trabalhar, com o pensamento na Volta a Portugal”, confessou o galego.

O vencedor da etapa, David de la Fuente, mostrou-se muito satisfeito com o triunfo na tirada: “Dá um excelente sinal relativamente à Volta a Portugal. Aproveitei esta oportunidade para alcançar um objetivo pessoal, dado que na Volta cabe-me a missão de trabalhar para os líderes”, revelou o corredor da Efapel.

Nas restantes classificações impuseram-se Michal Schlegel (AWT-Greenway), na juventude, Paul Ourselin (Vendée U Pays de la Loire), nas metas volantes, Alejandro Marque (Efapel), no combinado, e a Rádio Popular-Boavista, na classificação coletiva.

Classificações
3.ª Etapa: S. Martinho do Porto - Parque Eólico da Carvoeira, 172,4 km
1.º David de la Fuente (Efapel), 4h20m12s (Média: 39,570 km/h)
2.º Moisés Dueñas (Louletano-Ray Just Energy), a 7s
3.º João Benta (Louletano-Ray Just Energy), a 14s
4.º Bruno Silva (LA Alumínios-Antarte), a 16s
5.º Alberto Gallego (Rádio Popular-Boavista), mt
6.º Delio Fernández (W52-Quinta da Lixa), mt
7.º Carlos Oyarzun (Keith Mobel-Partisan), a 25s
8.º Ricardo Mestre (Team Tavira), mt
9.º David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista), mt
10.º Sergey Shilov (Lokosphinx), mt

Geral Individual
1.º João Benta (Louletano-Ray Just Energy), 12h05m27s
2.º Delio Fernández (W52-Quinta da Lixa), a 3s
3.º Alberto Gallego (Rádio Popular-Boavista), a 9s
4.º Sergey Shilov (Lokosphinx), a 13s
5.º Moisés Dueñas (Louletano-Ray Just Energy), a 27s
6.º Carlos Oyarzun (Keith Mobel-Partisan), a 32s
7.º Hernâni Broco (LA Alumínios-Antarte), a 38s
8.º Ricardo Mestre (Team Tavira), a 39s
9.º Bruno Silva (LA ALumínios-Antarte), a 41s
10.º Célio Sousa (Rádio Popular-Boavista), a 49s

Classificação completa: Clique Aqui

38º Troféu Joaquim Agostinho - Photo João Fonseca

Posted by UVP - Federação Portuguesa de Ciclismo on Domingo, 12 de Julho de 2015
« Voltar
UDO © 2015 - Todos os Direitos Reservados. Site Desenvolvido por: CyclopNet - Desenvolvimento de Sites Profissionais